fbpx

Dúvidas? Entre em contato com nosso time!

Selecione e contrate agora a Senhor Contábil

HomeBlog Senhor ContábilAbrir empresaComo abrir uma microempresa: guia completo para abrir a sua!

Como abrir uma microempresa: guia completo para abrir a sua!

Você sonha em ter o seu próprio negócio? Em ser o seu próprio chefe e trabalhar com o que você ama? Se sim, a microempresa pode ser a oportunidade ideal para você.

Milhões de pessoas no Brasil sonham em abrir o seu próprio negócio, mas muitas vezes não sabem por onde começar.

Se você está nessa situação, este conteúdo é para você. Aqui, vamos explicar o que é uma microempresa, quais são as vantagens de abrir uma e como funciona a abertura de uma ME. Boa leitura!

O que é uma microempresa?

Microempresas, também conhecidas como ME, são empresas que faturam até R$ 360 mil por ano. Elas podem ter até 9 funcionários, no caso de comércio e serviços, ou até 19 funcionários, no caso de indústria.

Além da Lei do Simples Nacional, o IBGE e a ANVISA também definem o porte de uma empresa de acordo com o número de funcionários e o faturamento. Para o IBGE, microempresas são comércios e empresas de prestação de serviços com até 9 funcionários e indústrias com até 19 funcionários.

Caso a empresa tenha faturamento maior que R$ 360 mil por ano, ela será considerada uma empresa de pequeno porte.

Qual é a diferença entre MEI E ME?

Microempreendedor Individual (MEI) e Microempresa (ME) são diferentes tipos de empresas. Confira abaixo quais são as principais diferenças entre essas duas modalidades empresariais.

  • Limite de faturamento: o MEI pode faturar até R$ 81 mil por ano, enquanto a ME pode faturar até R$ 360 mil por ano;
  • Quantidade de funcionários: o MEI pode ter apenas um funcionário, enquanto a ME pode ter até nove funcionários no comércio e serviços ou até 19 funcionários na indústria;
  • Atividades permitidas: o MEI está limitado a uma lista de atividades, enquanto a ME pode atuar em qualquer atividade;
  • Contabilidade e impostos: o MEI tem uma contabilidade simplificada e paga impostos unificados, enquanto a ME tem uma contabilidade mais complexa e paga impostos diferenciados.

Em resumo, o MEI é uma opção mais simples e acessível para quem quer iniciar um negócio, enquanto a ME é uma opção mais flexível e adequada para empresas que crescem e se consolidam no mercado.

Saiba mais sobre contabilidade para MEI!

Qual é a importância de uma microempresa?

As micro e pequenas empresas são o motor da economia brasileira. Elas geram emprego, movimentam a economia e contribuem para o desenvolvimento social do país. Segundo o IBGE, as micro e pequenas empresas são responsáveis por 60% dos empregos no Brasil.

O que é necessário para abrir uma microempresa?

Agora que você já sabe quais são as diferenças entre uma microempresa e MEI, confira o passo a passo para abrir a sua ME.

Escolha sua contabilidade

Todas as empresas precisam de um contador responsável pelo CNPJ, até mesmo o MEI pode precisar de um profissional contábil. Portanto, é importante escolher uma contabilidade confiável e que atenda às suas necessidades.

Determine as atividades

Após abrir uma ME, comunique ao seu contador todas as atividades que a empresa irá exercer. Isso é importante para garantir a regularidade da empresa, pois algumas atividades podem ser impeditivas para a escolha do tipo jurídico ou para a aceitação ao Simples Nacional.

 

O que é necessário para abrir uma microempresa

Defina a natureza jurídica

A natureza jurídica de uma empresa determina sua estrutura e funcionamento, como o número de sócios, o capital social e a responsabilidade dos sócios pelas dívidas. Para microempresas, as opções mais comuns são EI, SLU e Ltda.

Escolha o regime tributário

As microempresas podem escolher entre três regimes tributários: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real. O Simples Nacional é o mais comum, pois tem alíquotas progressivas e é mais simples de calcular. 

No entanto, há regras e impedimentos que devem ser observados. Sendo assim, ressaltamos a importância de um contador experiente para te ajudar nesse processo.

Separe a documentação

Antes de abrir sua empresa, é preciso reunir a documentação necessária. O processo de registro é dividido em etapas e pode variar de acordo com a região.

De forma geral, você precisará dos seguintes documentos:

  • RG e CPF;
  • omprovante de endereço;
  • certidão de casamento (se casado(a));
  • cópia do IPTU ou documento que conste a inscrição imobiliária do imóvel onde a empresa será constituída;
  • número do Recibo da Declaração de Imposto de Renda do sócio titular;
  • certificado digital e-CPF dos sócios para processos de abertura digital.

Dependendo da atividade da empresa, outros documentos podem ser necessários.

Registre a empresa

Para abrir uma empresa também é preciso seguir um processo de registro que começa com a criação do contrato social ou requerimento do empresário. Este documento deve conter todas as informações sobre a empresa, como sua natureza jurídica, sócios, atividades e endereço.

Em seguida, é realizada uma consulta de viabilidade para garantir que a razão social escolhida está disponível e que a empresa pode atuar no endereço desejado.

Por fim, o contrato social ou requerimento é enviado para a Junta Comercial, que é responsável pelo registro do CNPJ. Após o registro, a empresa já passa a existir formalmente e ter obrigações regulares, mesmo sem nenhuma movimentação.

Quais são as vantagens de uma microempresa?

As microempresas (MEs) apresentam diversas vantagens em relação a outros tipos de empresas, principalmente no que diz respeito à burocracia, tributação e participação em licitações.

Além dessas vantagens, as microempresas também têm mais flexibilidade na escolha dos regimes tributários e tipos societários. Além disso, podem tomar decisões mais rapidamente, pois são organizações menores.

Como abrir uma microempresa de graça?

Com a nossa ajuda, você pode conseguir a abertura da sua empresa gratuitamente.

Além disso, temos planos acessíveis e você poderá contar com:

  • serviço 100% online;
  • atendimento humanizado;
  • migração de contabilidade de forma simples e rápida;
  • serviço de contabilidade para comércio e serviços.

Conclusão

Concluindo, microempresas são uma importante parcela da economia brasileira e representam uma excelente oportunidade para empreendedores que buscam iniciar ou expandir seus negócios.

Ao abrir uma microempresa, os empreendedores têm acesso a diversas vantagens como mais flexibilidade na escolha de regimes tributários e menor burocracia.

Se você está pensando em abrir uma microempresa, é importante contar com a ajuda de profissionais especializados para garantir que o processo seja feito corretamente e que a empresa esteja em conformidade com as leis e regulamentos.

 

Como abrir uma microempresa online

Conte com a Senhor Contábil, pois podemos te ajudar a abrir sua microempresa e facilitar todos os processos para você. Confira os planos disponíveis!

Postagens recentes

Soluções para sua empresa

Fale com um especialista

Preencha as informações que em breve entraremos em contato com você.
Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.
Você prefere que o especialista te contate por:

Obrigado por nos contatar!

Entraremos em contato em breve.