fbpx

Dúvidas? Entre em contato com nosso time!

Selecione e contrate agora a Senhor Contábil

HomeBlog Senhor ContábilFiscalLimite de Faturamento MEI 2024: Confira um Guia Completo!

Limite de Faturamento MEI 2024: Confira um Guia Completo!

O ano de 2024 começou e com ele a alta expectativa dos empreendedores pelo aumento no limite de faturamento MEI. Isso porque há um projeto de Lei em andamento para sua alteração.

Mas, enquanto o limite de faturamento MEI 2024 ainda permanece nos R$ 81 mil anuais, as muitas dúvidas práticas sobre a categoria permanecem, com perguntas como: “MEI tem limite de faturamento mensal?”, ou “ultrapassei o limite do MEI em menos de 20%, e agora?”.

Essas questões são pertinentes, pois existem regras específicas para determinar o desenquadro da categoria pelo excesso de faturamento. 

Para responder a essas e a outras perguntas, a Senhor Contábil preparou um guia completo com todas as respostas e informações atualizadas para você não ficar por fora. 

Acompanhe a leitura! 

Limite de faturamento do MEI: o que é?

O limite de faturamento MEI é o valor máximo que um Microempreendedor Individual pode faturar por ano nesse tipo de enquadramento empresarial

Esse limite é importante para garantir que o MEI continue a ter acesso aos benefícios e vantagens da categoria, como:

  • Isenção dos impostos federais: Imposto de Renda, Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins);
  • Pagamento de impostos reduzidos: a contribuição mensal do MEI é de R$ 56,65, que inclui o INSS, o ICMS e o ISS;
  • Facilidade para abrir e fechar o negócio: o MEI pode se formalizar pela internet e, se desejar, encerrar o negócio também pela internet.

Qual é o limite de faturamento MEI anual em 2024?

O limite de faturamento anual da categoria em 2024 (ainda) é de R$ 81 mil, o que significa que os MEIs são autorizados a ter um faturamento bruto mensal de, em média, R$ 6.750

Média de faturamento mensal do MEI para não ultrapassar o teto

Como vimos, para não ultrapassar o teto e perder os benefícios e vantagens da categoria, a média de faturamento mensal do MEI é de R$ 6.750. 

Então o MEI tem limite de faturamento mensal? A resposta é não: o MEI não tem limite de faturamento mensal, afinal a legislação só impõe limites para o faturamento total em um ano. 

Assim, você pode, por exemplo, faturar R$ 10 mil em um mês e compensar nos meses subsequentes, desde que fique atento para não perder o controle e estourar o limite anual. 

O valor do faturamento do MEI vai aumentar este ano?

Sim, há uma proposta de revisão do limite de faturamento do MEI em tramitação no Senado — com chances de aprovação ainda para 2024! 

O Projeto de Lei Complementar 108/2021, em andamento desde 2021, propõe um novo teto de até R$ 130 mil anuais para a categoria, juntamente com a possibilidade de contratação de até dois funcionários

Quais seriam as vantagens desse aumento?

Limite de faturamento MEI vantagens

O aumento do limite de faturamento MEI é uma medida que traz diversas vantagens para o empreendedorismo no Brasil.

Entenda melhor a seguir: 

Crescimento dos negócios

Com o aumento do limite de faturamento, os MEIs terão mais espaço e recursos para crescer seus negócios, além de mais segurança financeira. 

Assim, será possível investir mais em infraestrutura, marketing e capacitação, o que sem sombra de dúvidas reflete na alta da competitividade e produtividade — e na economia do país. 

Maior formalização de negócios

O aumento do limite de faturamento também promete contribuir para a maior formalização de negócios no Brasil. 

Afinal, com um limite mais alto, mais negócios poderão se enquadrar na categoria, o que proporciona acesso aos seus benefícios, como a isenção de impostos federais e a facilidade para abrir e fechar o negócio.

Aumento do emprego

Parte da proposta de Lei Complementar é que os MEIs terão a possibilidade de contratar mais dois funcionários, além dele mesmo. 

Nesse cenário, considere que o Brasil tem quase 15 milhões de microempreendedores individuais, número que corresponde a aproximadamente 73,4% do total de empresas formais do país. 

Considerando que esses negócios terão a possibilidade de crescer e gerar mais emprego, essa vantagem impacta diretamente no aumento da atividade econômica no país.

Facilitação da transição de categoria

Por fim, o novo cenário do MEI também pretende facilitar a transição de categoria para Microempresa (ME) (com faturamento de até R$ 360 mil). 

É que a proposta inclui uma “rampa de transição”, uma medida que permite aos MEIs que ultrapassarem o limite de faturamento de R$ 81 mil anuais migrarem para a categoria de microempresa sem precisar arcar com os custos adicionais da mudança de categoria imediatamente.

Nesse caso, o MEI que ultrapassar o limite de faturamento em até 20% terá um prazo de 180 dias, ou seja, seis meses, para se adaptar às mudanças tributárias e operacionais da categoria Microempresa. 

Durante esse período, o microempreendedor continuará pagando a mesma coisa que paga como MEI. 

O que acontece se o MEI ultrapassar os R$ 81 mil de faturamento?

Limite de faturamento MEI ultrapassar

Mas enquanto as mudanças no limite MEI 2024 permanecem apenas como uma expectativa, muitos microempreendedores se perguntam o que acontece se, ou quando, ultrapassam os R$ 81 mil anuais. 

Em resumo, o que acontece depende de quanto o faturamento foi excedido, em dois cenários possíveis: 

Caso ultrapasse em até 20%

No caso de o MEI ultrapassar o limite em até 20%, ou seja, faturando até R$ 97,2 mil, ele será considerado como MEI até o mês de dezembro, sendo enquadrado como Microempresa no ano seguinte. 

No entanto, terá que pagar um DAS adicional referente ao excesso na receita, no prazo determinado para a quitação dos impostos no regime do Simples Nacional.

Leia também: Como migrar de MEI para ME: descubra em 4 passos como fazer

Caso ultrapasse além de 20%

Mas se o MEI ultrapassar o limite de faturamento em mais de 20% (acima de R$ 97,2 mil), ele deve solicitar o desenquadro da condição de MEI imediatamente, e então entrar na categoria de Microempresa.

Caso contrário, os tributos serão cobrados de forma retroativa, com adição de juros e multas. 

Em todo caso, a alta no faturamento é motivo para comemoração: até porque significa que o negócio está crescendo! 

Nesse cenário, contar com uma gestão contábil eficiente — como a da Senhor Contábil — é importante para que o microempreendedor esteja preparado e saiba exatamente o que fazer como microempresa. 

Assim você, empresário, tem acesso a informações precisas e atualizadas sobre suas obrigações fiscais, além de orientação profissional sobre como estar preparado para o novo enquadramento.

Conheça a Senhor Contábil e deixe a sua contabilidade aos cuidados de quem entende de micro e pequenas empresas!

Conclusão

E então, tudo certo sobre o limite de faturamento MEI em 2024? 

Neste guia, apresentamos as principais regras relacionadas ao faturamento dos empreendedores enquadrados na categoria MEI. 

Embora o limite MEI 2024 ainda seja de R$ 81 mil anuais, existe uma alta expectativa pelo seu aumento, com a tramitação do projeto de Lei Complementar 108/2021. 

O projeto propõe um novo teto de até R$ 130 mil anuais e a possibilidade de contratação de até dois funcionários. 

Por fim, também vimos o que acontece se o MEI ultrapassar o teto em dois possíveis cenários: em até 20% e além dos 20%. 

Em ambos os casos, contar com uma gestão contábil eficiente é a maneira mais simples de lidar com as mudanças impostas pelo desenquadro da categoria, e início de uma nova fase como microempresa. 

Esse conteúdo foi útil? Compartilhe! Acesse o nosso blog e fique por dentro de outras informações importantes para você, empreendedor.

Postagens recentes

Soluções para sua empresa

Fale com um especialista

Preencha as informações que em breve entraremos em contato com você.
Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.
Você prefere que o especialista te contate por:

Obrigado por nos contatar!

Entraremos em contato em breve.